Joanete: causas, sintomas e tratamentos

Tratar o joanete não é apenas uma questão de estética, mas de qualidade de vida, pois quem sofre deste problema, sente dor. É mais comum que as mulheres tenham joanete, visto que o uso de salto alto é um dos maiores desencadeadores desta deformidade.

Causas

Sapatos com ponta estreita e salto alto causam grande pressão sobre os dedos onde o peso corporal é deslocado para a frente do pé, podendo fazer com que a articulação do dedão seja projetada para fora, formando o joanete. Doenças degenerativas, como artrite reumatóide, gota, lúpus, hereditariedades, pé plano, fragilidade de ligamentos e tendões, e até mesmo alterações neurológicas, como AVC, paralisia cerebral e trauma medular, são outros fatores que também podem contribuir para o surgimento do joanete.

Sintomas

Por vezes, o joanete pode ser assintomático, mas quando se manifesta, a pessoa pode sentir dor, vermelhidão e calor na articulação devido ao processo inflamatório, o osso da base do hallux fica saliente, formando-se calos nos dedos e na planta do pé, a base do hallux também pode ficar espessa e o dedo deslocado, rígido.

Tratamento

É importante a consulta com o médico ortopedista, pois cada caso tem suas particularidades e somente casos graves são indicados para cirurgia. Para conviver com o joanete, o primeiro passo é trocar os sapatos pelos que sejam mais confortáveis. Muitas vezes o uso de órteses corretivas pode ser recomendado, imobilizando o pé temporariamente para colocá-lo na posição correta e evitar a pressão sobre o dedão maior. Para controlar a dor utilizam-se analgésicos ou, eventualmente, injeções de cortisona. Compressas com gelo também ajudam a aliviar a dor e a inflamação. Para diminuir a pressão exercida no pé durante a caminhada. O aconselhado é o uso de uma palmilha almofadada com elevação do arco transverso e/ou protetores em silicone, ajudando a reduzir os sintomas.
Ortopedia Wiesbauer / STO Conteúdo

Jornalisa Paula Viegas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.