A forma como pisamos pode evitar diversos tipos de lesões

Parece inofensivo, mas dar um único passo pode mudar nosso histórico de lesões. A forma como pisamos, quando inadequada, não acomete apenas a região dos pés ou tornozelos, mas influencia todo o nosso corpo.

Mudar a forma como pisamos não é possível, segundo especialistas, porque está relacionada com a anatomia do corpo humano, como tipos de pés, joelhos e flexibilidade nas articulações. No entanto, o conhecimento sobre essa anatomia e a consciência sobre os cuidados que precisam ser tomados com cada caso específico muda nossa qualidade de vida.

Pisada

Se você apresenta casos de dores no corpo como coluna lombar, joelhos, quadris, ombros ou outras articulações do corpo, acredite, pode ser a forma como você pisa no chão que está ocasionando todo esse desconforto. A melhor forma de cura é procurar um ortopedista. Este profissional pode diagnosticar corretamente qual é o problema. Segunda Ana Paula, especialista do site Eu atleta, do site Globo.com, desequilíbrios surgem por causa do apoio excessivo num ponto do pé. Os problemas agudos vão desde lesões superficiais, como calos e bolhas, até as lesões ósseas, como fratura por estresse. Os crônicos são as tendinites, canelites e deformidades ósseas, como joanete e dedos em garra – explica Ana Paula.

Veja qual é o seu tipo de pisada

Pisada Blog 01 24.02

Veja vídeo sobre a influência do tipo de pisada na corrida:

 

A forma mais simples e popular de prevenir lesões são as palmilhas ou tênis específicos para balancear os pontos que precisam ser equilibrados. Porém, mesmo assim, você precisa conhecer mais sobre o seu tipo de pisada e a anatomia do seu corpo, porque comprar um modelo neutro de tênis ou inadequado para o seu tipo de pisada pode ocasionar ou agravar lesões.

 

Ortopedia Wiesbauer / STO Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.